Efeitos do stress no nosso corpo

adult alone anxious black and white

Foto por Kat Jayne em Pexels.com

O stress tem consequências na nossa vida, não só a nível mental, mas também a nível físico. Este pode ser definido como os sintomas físicos e mentais em resposta a situações que nos causam tensão. Quando o nosso corpo é exposto a altos níveis de stress, os nossos músculos ficam tensos. Este é um dos primeiros sintomas que se manifesta, pois é a forma como o nosso corpo se protege contra a dor. Quando estamos mais agitados, a nossa respiração também é afetada. Começamos a respirar mais fundo e depressa. Com isto, o nosso coração e vasos sanguíneos também respondem ao stress. Quando algo acontece de repente, o nosso batimento cardíaco aumenta e o mesmo pode acontecer em situações de stress, em que estamos constantemente expostos ao nervosismo. Quando estamos mais stressados há quem tenha a tendência de comer mais ou de comer mais do que o habitual. O que pode causar também problemas de foto gastrointestinal, como azia. O estômago fica mais sensível ao estar exposto ao stress, o que pode resultar em enjoos e vómitos. Para não falar que o stress também afeta a digestão e a absorção de nutrientes. Há até quem apresente diarreia ou prisão de ventre.

O nosso sistema nervoso é dividido em várias partes. A central, que envolve a medula espinal e o cérebro, e  periférica, que envolve o sistema nervoso autónomo (tem um papel em resposta ao stress físico, dividido em simpático e parassimpático) e o somático. Quando o stress está em alta, o nosso corpo muda todos os recursos de energia para lutar contra isto.  O sistema reprodutor masculino e feminino também são afetados, no masculino devido a quantidades excessivas de cortisol e, no feminino, pode levar a ciclos de menstruação irregulares. Quando estamos mais stressados o nosso sistema imunológico também é afetado, deixando o nosso corpo mais susceptível a infecções e outros problemas. Já para não falar que o stress causa rugas! ahah é verdade, preocupar-nos demasiado envelhece-nos mais cedo e faz com que tenhamos mais oscilações de humor.

E como dar a volta a isto?

Não é tão simples como dizer “tens que relaxar mais” ou “não tens razões para estar assim”. Isto é a última coisa que se deve dizer a alguém stressado, pois só o fará ficar mais zangado. As melhores formas de não deixar que o stress nos afete, são:

  • Passatempos – ouvir música, ler, escrever, passear… qualquer coisa serve para distrair.
  • Relaxar – tirar um momento para si próprio, fazer ioga ou meditação.
  • Chá – o chá de camomila ajuda a reduzir o stress.
  • Técnicas de respiração – podem ser úteis em alturas de mais “aperto”.
  • Retirar a cafeína, álcool e nicotina – são estímuladores.
  • Praticar exercício físico – ajuda a limpar a nossa mente das preocupações.
  • Rotina de sono – dormir bem é muito importante para nos deixar mais relaxados e despreocupados. Se não dormirmos bem, o nosso cérebro estará mais cansado e mais sujeito a preocupar-se.

Óbvio que falar é fácil, mas com algum esforço chegamos lá. Temos que viver descontraídos!

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s